Bruxarias Vale D’Este regressam com três dias de atividades variadas

Sessão de Apresentação siteO programa da segunda edição das Bruxarias Vale D’Este, que acontece nos dias 1, 2 e 3 de Novembro, foi recentemente apresentado no restaurante o ‘Gato do Rio’, em Este São Pedro, local onde nasceu o projeto que tem como principal objetivo continuar a crescer, tornando-se numa referência regional. O evento, que este ano contará com a presença do mediático Padre Fontes, de Montalegre, conta com o apoio de todas as Juntas de Freguesia que compõem o Vale D’Este (Este S. Pedro, Este S. Mamede, Gualtar, Nogueiró, Tenões e S. Vítor) e com o apoio da Associação de Artesãos do Minho. A iniciativa dispõe ainda da colaboração de várias associações locais e empresários da zona.

Nesta sessão de apresentação que contou com a presença de Jorge Oliveira, gerente do Restaurante Gato do Rio, Manuel Carvalho, presidente da União de Freguesias de Este (São Pedro e São Mamede, João Nogueira, presidente da Junta de Freguesia de Gualtar e José António Torres, presidente da Associação dos Artesãos da Região do Minho, foi dado a conhecer que o evento contará com 50 expositores, 25 associações locais participantes, atores profissionais e várias atividades para crianças. Ao todo são cerca de 30 horas de atividades que iniciam no dia 1 e que terminam no dia 3 de Novembro.

Jorge Oliveira, gerente do Restaurante o Gato do Rio e um dos mentores do projeto, explicou que tudo começou com pequenas festas de Halloween no estabelecimento, mas que depressa surgiu a vontade de fazer algo maior.

“Tudo começou no seguimento das festas de Halloween e no ano passado surgiu a ideia de fazermos um workshop de decoração de abóboras para as crianças. Nessa altura contactei o presidente da Junta da União das Freguesias de Este, Manuel Carvalho, para saber se havia essa possibilidade de articularmos tudo com as associações da freguesia. Acabámos por contactar a Associação dos Artesãos da Região do Minho, que acabaria por facultar todo o material necessário para realizar esse pequeno evento”, disse Jorge Oliveira.

“Começámos então a contactar todas as Associações e mais tarde contactámos o presidente da Junta de Gualtar, João Nogueira, uma das pessoas que mais acreditou neste projeto. A ideia passa por continuar o trabalho desenvolvido para que daqui a algum tempo o Vale d’Este seja reconhecido também por este grande evento”, acrescentou.

José António Torres, presidente da Associação dos Artesãos da Região do Minho, que irá ceder as tendas e a logística necessária, destacou a sustentabilidade que o evento começa a ganhar.

“Este ano teríamos obrigatoriamente que dar um pulo para que este evento comece a ganhar consistência. Tivemos uma preocupação muito grande de melhorar a programação que se vai realizar durante os três dias. Temos mais 10 expositores do que no ano passado e o evento começa a ganhar sustentabilidade própria. É sempre importante o apoio das Juntas de freguesias que circunscrevem a área do Vale de Este, mas este ano já temos parte do evento suportado pela dinâmica que tem vindo a ser criada. O objetivo é que o evento continue a crescer e, este ano, destacamos na nossa programação a presença do Padre Fontes. Toda a gente conhece o trabalho que o Padre Fontes tem feito em Montalegre, nomeadamente em Vilar de Perdizes, conseguindo transformar uma aldeia recôndita num ponto de referência a nível nacional”.

Já Manuel Carvalho, presidente da União de Freguesias de Este (São Pedro e São Mamede), optou por destacar a participação das escolas e as condições que o espeço tem para acolher um evento que atrai cada vez mais pessoas.

“A iniciativa realiza-se na freguesia de Este São Pedro e tudo começou com o empenho do João Oliveira que nos convidou para alargar o evento. Evidentemente que o saber do Dr. José António Torres acabou por impulsionar o evento, nomeadamente através de novas ideias. É com muito prazer que a Junta da União de Freguesias de Este se associou a este evento, que tem todas as condições para progredir. A participação das escolas é uma excelente ideia e o espaço onde as atividades vão acontecer é agradável, estando reunidas todas as condições necessárias para receber as pessoas”, disse o presidente.

Por sua vez, João Nogueira, presidente da Junta de Freguesia de Gualtar, mostrou-se convicto de este o certame “será uma referência da cidade”.

“É evidente que este evento é ainda uma criança que nasceu há um ano. Naturalmente tem sido acarinhada por todas as Associações e entidades envolvidas, mas ainda precisa de alguns cuidados e é nisso que precisamos de estar preparados. Ela vai crescer, vai ser forte, mas até lá teremos de dar continuidade ao trabalho de colaboração até aqui realizado”, referiu o autarca.

O evento começa já na próxima sexta-feira, dia em que se destaca a presença do Presidente da Câmara Municipal de Braga, Ricardo Rio, na cerimónia de abertura da segunda edição das Bruxarias Vale D’Este. Teatro, jogos tradicionais, pinturas faciais, concursos, insufláveis, área de restauração e muito mais é o que poderá encontrar num evento que segundo a organização deverá receber mais de duas mil pessoas, ao longo dos três dias.